Controle de processos: veja como o CRM é vital para essa demanda

qual a importância do CRM para o controle de processos
Posted By gestaomax
Sabia que o CRM é vital para o controle de processos da sua empresa?

Todo negócio depende que uma variedade de procedimentos sejam feitos corretamente, para que possa se manter vivo. São metas de produtividade, planilhas, contatos com fornecedores, formulários de pedidos e diversas outras demandas que requerem muita atenção do gestor. Por isso, quem quer vencer os desafios e estar pronto para competir com os concorrentes, deve ter uma atenção especial ao controle de processos.

Trata-se de um conjunto de medidas que possibilitam agir na cadeia de ações visando um objetivo. Esses procedimentos, determinados no controle de processos, ajudam a alinhar a organização aos seus propósitos. Além disso, melhoram a organização do sistema como um todo e ajudam a empresa a agir em busca de atingir as suas metas.

Dentre os pontos importantes no controle de processos está a gestão de relacionamento com o cliente. É nesse ponto específico que o CRM é importante e pode ajudar. Veja como! 

Como o CRM ajuda controle de processos

A manutenção do bom relacionamento com o cliente também depende da gestão de processo. O software voltado para CRM, que é a sigla usada para “Customer Relationship Management”, ajuda a melhorar a análise de dados, bem como ter as informações necessárias sempre em mãos. Veja alguns benefícios adquiridos por meio desta ferramenta. 

Otimização do tempo

Quanto menos tempo a equipe demorar para realizar uma tarefa melhor, correto? Ao implantar um sistema de CRM, todos os dados ficam agrupados e, muitos deles, são lançados automaticamente para o sistema gerencial da empresa, o ERP. 

Isso ajuda na otimização de tempo e na gestão de processos. Além disso, reduz atrasos e agiliza a tomada de decisão. 

Mapear fluxo de processos

O mapeamento de fluxo é outra prática importante na gestão de processos e o CRM também pode auxiliar nisso. Ao usar um bom software, você pode ter acesso a todas as oportunidades em negociação, divididas por etapas. 

Além disso, terá uma visão geral de todo o processo de vendas com os clientes, podendo então acompanhar e organizar as ações.

Também faz parte de uma boa gestão de processos: 

  • listagem de etapas;
  • a distribuição de tarefas durante o processo de vendas;
  • sequenciamento dos contatos com o cliente;
  • alertas de inatividade;
  • identificação de potencialidades.

Tudo isso poderá ser obtido por meio do software, que dá uma visão geral do fluxo de vendas e permite que o gestor possa antecipar a previsão de resultados. 

Padronização de documentação

Nada pior, na hora de analisar dados, do que encontrar documentos desencontrados, redigidos de forma diferentes e até inelegíveis. Vamos supor, por exemplo, que você vá avaliar o resultado das vendas por meio de formulários, que foram preenchidos manualmente pela equipe.

Cada um escreve e anota o pedido de uma forma. Uns completam todos os formulários, enquanto outros escrevem só o básico. Analisar tudo isso não é simples e, no dia a dia, pode deixar o processo mais moroso.

Ao investir em um CRM tudo é feito por meio da tecnologia. Os pedidos são feitos por uma ferramenta digital e padronizados. Todos os dados são liberados, automaticamente no sistema. Isso garante a padronização da documentação, bem como a organização do setor. 

Claro que, para que tudo isso seja efetivo, é preciso garantir uma boa gestão de equipe de vendas. Veja dicas e entenda o passo a passo!

GestãoMax usa cookies para melhorar a experiência de navegação no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.