Parceria entre Gestão Max e Tiny

Por que é importante integrar um ERP a outros sistemas

Por que é importante integrar um ERP a outros sistemas

O ERP é um sistema que ajuda a organizar as informações de uma empresa. Com ele, a gestão fica centralizada, portanto a busca pelos dados se torna mais rápida e segura.

Em um ERP, é possível fazer controle de estoques, emitir notas fiscais, controlar as finanças e muito mais. E quando o ERP é integrado a outros sistemas, as funcionalidades são ampliadas, tornando o dia a dia dos usuários mais fácil.

Entre os sistemas que podem ser integrados a um ERP, podemos destacar:

  • Plataformas de e-commerce: você pode conectar sua loja virtual própria e centralizar as operações dentro do ERP, como pedidos recebidos, cadastro de produtos, notas fiscais e etiquetas de envio;
  • Marketplaces: anuncie os produtos cadastrados no ERP em múltiplos canais de venda e tenha os mesmos benefícios que integrar com uma plataforma de e-commerce;
  • CRM: acompanhe o andamento de negociações com clientes;
  • Gateways de pagamento: facilite a aprovação dos pagamentos referentes a pedidos, sem necessidade de conferir os valores na conta bancária;
  • Gateways logísticos: faça cotação de fretes e imprima as etiquetas de envio;
  • BI (Business Inteligence): faça melhores análises dos dados que estão no ERP para tomar melhores decisões.

As possibilidades de integração para tornar sua rotina mais ágil são inúmeras e vale a pena criar essas conexões para que seu dia seja mais produtivo.

Por que integrar seu ERP

Vamos entender algumas das vantagens de integrar o sistema ERP com outros sistemas.

Compartilhamento de informações

Quando você conecta um sistema com outro, é realizada uma troca de informações entre eles. Vamos utilizar como exemplo uma plataforma de e-commerce.

Você cadastra seus produtos no ERP e realiza a integração com uma plataforma de e-commerce. Agora, poderá utilizar diversos recursos para agilizar os processos que fazem seu e-commerce funcionar, desde a criação dos anúncios dos produtos até o envio das mercadorias ao clientes.

Através do ERP, em poucos passos, envie todos os produtos para serem vendidos na loja virtual e importe todas as vendas para o sistema. A partir desde momento, o ERP receberá as informações dos pedidos que forem realizados no e-commerce e você pode seguir utilizando a ferramenta para outras rotinas que fazem o negócio funcionar, como a emissão da nota fiscal, por exemplo.

Como todas as informações ficam centralizadas, ao receber este pedido no ERP, já será informado corretamente qual foi o produto comprado. Os dados do cliente também são importados para que seja possível emitir as notas fiscais. Devido a integração, não é preciso ficar digitando todas as informações para concluir o processo de envio.

O e-commerce é apenas um exemplo. Se anunciar em marketplaces, todos estes recursos também ficam disponíveis, afinal, cuidar de diversos canais de venda é um grande desafio. Com todas as integrações que fizer você economiza tempo e melhora a produtividade de sua equipe.

Confiabilidade nos dados

Mantendo o exemplo do e-commerce, quando o cliente finaliza o seu pedido, as informações que ele forneceu não precisam ser escritas novamente. O próprio sistema reconhece todos os dados, sem necessidade de interferência humana. Desta forma, há um menor risco de engano durante cada etapa do backoffice, pois tudo está dentro do ERP.

Outro exemplo é referente às contas a pagar e a receber. Se todas forem informadas no ERP, a empresa tem melhor controle de todo dinheiro que vai receber e também quanto precisa pagar. É uma forma de manter a saúde financeira do negócio.

Mas é preciso lembrar que a confiabilidade dos valores mostrados em um ERP também depende de cada usuário. Se você quer controlar o fluxo de caixa da empresa, é preciso informar todo e qualquer gasto, até o do cafezinho, para que o saldo final esteja correto.

Agilidade na tomada de decisões

Como você tem confiança nos dados mostrados por um ERP, se sente mais confiante para tomar decisões.

Você não precisa buscar informações em diversas planilhas e ficar cruzando dados para chegar a alguma conclusão. O sistema conta com uma série de relatórios para que os gestores possam fazer as devidas análises, optando pelas melhores escolhas para cada momento.

Se utilizar o Tiny ERP integrado ao GestãoMax, por exemplo, poderá verificar os índices de desempenho da empresa, como evolução do faturamento, ticket médio, acompanhamento de cada vendedor, média de vendas diárias, entre outras informações para tomar decisões mais assertivas.

As informações reunidas fazem com que as decisões sejam tomadas a partir de dados concretos, e não com achismos. Isso faz com que os resultados sejam melhores, trazendo bons frutos para o negócio.

Concluindo

Integrar um ERP a outros sistemas torna o trabalho mais ágil, mantendo ou até melhorando os resultados.

Em poucos passos você pode extrair informações, fazer consultas, emitir notas fiscais, acompanhar e organizar as vendas, enfim, tornar o dia mais produtivo e com menores chances de erros.

O Tiny ERP permite a integração com diversas soluções do mercado para que você otimize o trabalho e tenha cada vez mais facilidade nas tarefas. Aproveite e deixe seu dia mais leve e eficiente.

GestãoMax usa cookies para melhorar a experiência de navegação no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.